De: Joaquim Barbosa Lopes

Para: Maria Lucia 

Enviada em: Quinta-feira, 27 Janeiro 2000 14:11

Assunto: Favela Bairro

 

Eu acho que o Favela Bairro é até uma boa idéia, mas até coisas boas se tornam ruins se mal administradas.

Moro no Itanhangá, quase em frente ao Itanhangá Golf Clube, e acima de meu condomínio existe um bairro um pouco mais pobre.  O favela bairro lá entrou com suas obras.  Interditou a rua de acesso a esses moradores, que por suas vez tomaram conta de nosso condomínio com seus carros velhos e irregulares, fazendo ate nossas calçadas de oficina mecânica, o que foi muito difícil acabar, mas consegui.

Agora, o mesmo pessoal do favela bairro, resolveu fazer uma praça na frente de nosso condomínio, onde havia um terreno. Pois bem, a praça nem ficou pronta ainda e o pessoal da favela invadiu a mesma com carrocinhas de cachorro quente, frutas, ovos e etc. Imaginem quando a praça estiver pronta? Já ouvi falar que querem fazer pagodes.  É um absurdo para nós que compramos imóveis em áreas valorizadas, pagamos IPTU caríssimo para depois nos vermos dentro de uma favela, na maior bagunça.

O mesmo governo que nos cobra tanto imposto, nos devolve em forma de desprezo.  Nós pagamos o favela bairro e deveríamos ser consultados antes de sermos envolvidos nesse tipo de situação!

As favelas invadiram o estado do Rio de Janeiro, e por culpa do próprio governo.

Deveriam haver reuniões com os moradores de classe média que estão perto dessas áreas e que são prejudicados, antes mesmo de começarem as obras. 

Deveriam ouvir sugestões de quem realmente paga as obras.

Em nosso caso, bastaria apenas a colocação de obstáculos para impedir a subida de tais carrocinhas.

Devemos nos unir para lutar contra a favelização de nosso estado.


Joaquim Barbosa Lopes